fbpx

Persuasão é uma das possíveis estratégias de comunicação numa definição simplista e, neste contexto, tática para eu desenvolver um pensamento.
Conceitos, técnicas, ferramentas estão citadas em diversos meios e você terá muita facilidade em encontrar por aí, concorda?
Quero contribuir verdadeiramente sobre esse tema e por isso quero falar da essência, da estratégia.
Quando você escolhe uma estratégia de forma consciente, pensada, consistida, estudada, avaliada em seus diversos aspectos e muito bem alinhada ao objetivo, naturalmente ela estará alinhada a sua essência, seja você uma empresa ou não. Se está alinhada a sua verdadeira essência os desafios existirão, mas serão como oportunidades para o desenvolvimento e não como obstáculos para impedir o atendimento ao seu querer ou objetivo ou propósito, como desejar chamar.
Se você escolheu a comunicação persuasiva como a estratégia para falar bem, sugiro que reconheça os diversos papéis que você tem que assumir ou que pretende assumir, seja profissional ou pessoal; reconheça o seu eu, suas responsabilidades ao influenciar e consequências também, isso quer dizer considerar o outro. O outro no uso dessa estratégia importa e muito, o falar bem é para você e para o outro.
A comunicação persuasiva confere poder. Na retórica Aristotélica você precisa gerar credibilidade a partir do seu eu (ethos), gerar paixões ou provocar (pathos), argumentar com consistência ou prova lógica (logos). Verdade, equilíbrio e profundidade são necessários para muito bem usar essa estratégia de comunicação.
Gosto quando ouço e reflito a partir da frase: “Só fala bem, quem pensa bem.” Aristóteles. Faz sentido para você?
Gostei quando ouvi que “a fala é uma confissão, confidências do pensamento” Maytê Carvalho, autora do livro Persuasão. Dica de um livro para você.
Aqui vai uma outra dica de livro para você: autor Heni Ozi Cukier, Inteligência e Carisma.
Disse no início que desejava falar para você com o objetivo de contribuir. Eu escolhi a comunicação persuasiva para confidenciar com verdade, carisma e profundidade os pensamentos. Por aí vou a respeito estudando, buscando me conhecer cada vez melhor e aprimorando como me importar com o outro também cada vez melhor.
Me conta como essas ideias aqui expostas chegaram para você. Quero te ouvir, gosto de te ouvir.
Sou Rosana Chaves, Fundadora e Gestora da Moving.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *