fbpx

Olá, hoje no Blog da Moving vamos falar sobre como construir sites cuidadosamente pensados na Experiência do Usuário. Mas antes de começarmos, você sabe o que é UX ou Design de Experiência do Usuário ?

A Experiência do Usuário ( Em inglês, User Experience – UX) é o sentimento ou vivência que uma pessoa tem ao interagir com um Site, Aplicação WEB ou outro tipo de tecnologia Digital. Essa experiência é, notoriamente, muito relevante na decisão de compra, interesse ou permanência de um usuário em relação a uma Empresa.

Apesar de parecer redundante, Experiência do Usuário e Design de Experiência do Usuário, não são a mesma coisa, sendo a segunda, o conjunto de técnicas e elementos que profissionais do desenvolvimento de sites, devem aplicar para gerar uma boa experiência para os usuários.

Okay, explicações feitas, é hora entender o que podemos fazer para de fato construir um Site com uma boa UX.

Elementos da Experiência do Usuário

Ao todo, temos 7 elementos principais a serem considerados na construção da Experiência do Usuário, são eles:

Útil (Useful): O site oferece serviços ou funções úteis ao usuário.
Utilizável (Usable): Ao visualizar o site os componentes funcionais como botões, formulários, entre outros, se comportam adequadamente e as informações são acuradas e podem ser validadas. Em outras palavras, funciona da maneira que você espera e de forma constante.
Desejável (Desirable): A interface torna mais fácil e agradável do usuário alcançar seu objetivo por conta própria do que ter que entrar em contato pessoalmente com o prestador de serviços, responsável pelo site.
Acessível (Accessible): O site deve contar com recursos de acessibilidade, como funções para deficientes visuais ou outras deficiências.
Confiável (Credible): Acesso seguro ao site ou portal, assim como outras funcionalidades de segurança que variam de acordo com o escopo do projeto.
Localizável (Findable): Quando você quer encontrar um determinado recurso ou serviço, é fácil localizá-lo dentro do site.
Valioso (Valuable): As funcionalidades de auto-atendimento no site diminuem os custos do atendimento físico e melhoram a satisfação do usuário, criando uma experiência que vale a pena para clientes, bem como um bom investimento para os negócios.
Além de usar os 7 elementos da Experiência do usuário mencionados acima é importante conhecer quais as maiores prioridades e demandas do seu público, o que pode ser feito a partir de pesquisas de interesse ou da qualificação de Leads. Às vezes, um time concentra a maioria dos seus recursos em criar funcionalidades (utilizável) apenas para descobrir depois que seus clientes não irão interagir com o novo recurso porque o design visual não é bonito o suficiente (desejável).
As organizações precisam ter cuidado e não confundir “valioso” com “único” ou “inovador”. O “Sentimento e aparência” de um site não envolve todas as partes da UX, e uma solução simples, pode as vezes, ser ideal. Um site pode ser bonito e moderno e ter uma UX fraca ao trazer recursos complicados de maneira desnecessária (se ele tiver uma usabilidade baixa, por exemplo).

Vantagens do Design de Experiência do Usuário

Devido à necessidade das organizações contarem com uma abordagem e processos mais centrados no cliente, investir na experiência do usuário deve ser algo a ser considerado. Algumas das vantagens de elaborar uma experiência do usuário valiosa incluem:
Uma melhor compreensão dos usuários e como eles interagem com sua empresa.
Fidelização dos clientes a longo prazo, aperfeiçoando continuamente a experiência dos produtos e serviços digitais.
Uma metodologia sólida para projetar o tipo de experiência do usuário que uma marca oferece. Assim construindo sua autoridade no meio digital
Para Empresas que queiram estar inseridas no Marketing Digital, investir na experiência do usuário ajuda a garantir que as ofertas digitais tenham boa recepção dos clientes novos e existentes.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *