fbpx

Inicio  fazendo um breve entendimento do que foi para a Moving, agência de marketing digital, o ano de 2020, isso para dar todo o sentido às nossas expectativas em relação a 2021. 

Iniciamos o ano de 2020 com o melhor planejamento a ser executado para o ano.  Tudo prontinho! Objetivo, metas, plano de execução, acompanhamento de resultados e, claro, otimismo. Estávamos realmente prontos para viver “o ano de 2020”.
Acompanhando o noticiário não enxergamos no que àquilo poderia resultar. Ignoramos e continuamos firmes no nosso plano super, mega, hiper Avante 2021!
Com o anúncio da primeira morte em SP no dia 12 de março, paramos! E tudo correu muito rápido, para, parou, parei! Vivemos o pânico, como todos pobres mortais. 

Eu, Rosana chaves, Mover responsável por esse texto conto a vocês: eram umas 11 horas da manhã, eu me senti tão frágil que precisei deitar, deitei no sofá e chorei! Chorei o medo do que estava por vir, eu não tinha a clareza e sim um ruim pressentimento que me angustiava e eu chorava silenciosamente,  enquanto o telefone não parava de tocar ou de entrar mensagens, isso não ultrapassou 40 minutos. Então, percebi que tinham pessoas que assim também se sentiam e que precisavam me ouvir ou saber como eu estava lidando com o todo. Eu, naquele momento decidi que não seria vítima, nem salvadora e nem vilã. Decidi que faria uso do meu potencial de organização, análise crítica, administração do stress, e claro, a experiência de quem já viveu mais de 45 anos bem vividos. Parti para a ação! 

O plano para a Moving já não era mais o que iniciamos em 2020, agora era garantir a sobrevivência; garantir que nosso time ficasse saudável mentalmente e fisicamente para passar pelo que estava por vir.  Criamos 3 cenários, sendo o último o mais pessimista. Aconteceu um 4º. cenário, pior do que o previsto no pessimista. Perceber essa possibilidade com antecedência nos deu condições para atuar no tempo certo.  

Todo esse relato é para evidenciar a nossa essência, a crise foi tratada com inteligência, estratégia sim! O que percebemos ao final é que não foi só isso: fomos sensíveis ao outro, fomos humanos, colocamos o coração à frente de tudo e isso nos guiou, não era uma questão material e sim de compromisso com a vida, com os sonhos, com a esperança. 

Nossa missão, isso está lá escrito e publicado em 24 de janeiro de 2020, é “ser uma empresa humana e estratégica nos seus negócios”. Ainda vivendo tudo isso, podemos com honra afirmar que quando assim foi descrito essa missão, a sinceridade imperava e impera. 

Esperamos que 2021 seja uma ano de colheita! Entramos o ano de 2021 mais simples, ainda mais determinados a contribuir com muitos, conhecedores do que somos e o “assim é a Moving” não se limita a um jeito e sim à vocação para se aprimorar. 

Sou Rosana Chaves, Mover. 


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *